Fórum Panrotas: Viajar é o sonho de mais de 20 milhões de brasileiros

Meirelles mostrou que o super turista é o que mais gasta com viagens

Para concluir o Fórum Panrotas, Renato Meirelles, presidente do Locomotiva Instituto de Pesquisa, subiu ao palco pela segunda vez. Neste turno, o presidente abordou o perfil do turista brasileiro, em especial do chamado super turista. No primeiro dia do evento, Meirelles palestrou sobre a confiança do consumidor brasileiro.

Os dados apresentados, reunidos pela Locomotiva e financiado pela JCDecaux, mostram que viajar é um dos maiores sonhos de consumo do país. Segundo levantamento, 102,5 milhões de brasileiros acima de dez anos já viajaram alguma vez na vida. E 94% das pessoas afirmam ter interesse em viagens e turismo.

Ao perguntar quais são os sonhos das pessoas, o Locomotiva descobriu que 22,8 milhões de brasileiros têm viajar como maior sonho. Isso coloca viagens em quarto lugar nas maiores ambições dos brasileiros. Atrás apenas de possuir casa própria, estabilidade financeira e realização profissional. "Viajar ultrapassa a vontade de entrar na faculdade ou comprar um carro", afirmou o presidente. 

Ainda de acorco com o levantamento, na próxima década 67% das pessoas pretendem viajar mais. Só nesse ano, a expectativa é que as famílias brasileiras gastem R$ 69,7 bilhões em viagens.

Fórum Panrotas: o super turista

Das expectativas de gastos, a maioria sairá dos chamados super turistas. Segundo Meirelles, são aqueles que realizam pelo menos uma viagem ao mês, na maioria das vezes a lazer. 

Desses viajantes, 71% fazem parte da classe A ou B e 78% possui curso superior completo. Em relação às expectativas desses turistas, 96% se dizem otimistas com a própria vida. Na média, 75% das pessoas se dizem otimistas nesse quesito. Sobre o futuro do país, 78% dos super turistas afirmaram estar otimistas, enquanto a média é apenas 25% das pessoas. 

Outro dado relevante é que 63% desse tipo de viajante chega ao aeroporto com 3h ou mais de antecedência. Desses, metade afirma que chega antes por querer fazer compras ou passear pelas lojas. Por isso, na avaliação de Meirelles, "empresas que conseguirem se conectar com esse público podem ver seus serviços ampliar, e muito", ressaltou. 

(*) Créditos da foto: Juliana Stern/Hotelier News

Comentários