Gefferson Alves e sua missão: colocar o RN no mapa dos hotéis de luxo

Gefferson AlvesAlves tem oito MBAs e já trabalhou em Dubai

Com 35 anos de idade e 15 no mercado hoteleiro, Gefferson Alves, gerente geral do esperado hotel de luxo Vogal Luxury Beach Hotel & Spa, tem um desafio grande em mãos. O executivo almeja ajudar a colocar o Rio Grande do Norte na rota da hotelaria de luxo. O Vogal, que abre portas no dia 7 de junho, é o primeiro do segmento a chegar no estado. 
 
Frente à missão que impôs a si mesmo, Alves demonstra confiança de que, com sua bagagem, pode ajudar o novo hotel a aumentar o nível do setor hoteleiro do Nordeste. Durante sua carreira, o profissional passou por redes como Meliá, AccorHotels, e Pestana. O executivo também já foi auditor da Leading Hotels of the World.

"Adquiri um vasto know-how da hotelaria global no segmento do luxo. Por isso, possuo grande segurança a nível de conhecimento de mercado comercial e sem dúvidas tenho a segurança que a operação hoteleira precisa para entregar serviços de altíssimo nível nesse novo produto", afirmou o gerente. 

Liderando a empreitada de colocar o Vogal entre as principais ofertas da região, o gerente cita alguns pontos que podem fazer a diferença nessa caminhada. Todos eles relacionados à qualidade de atendimento e serviço, que, segundo ele, precisam ser de alto nível. "É uma grande oportunidade de implementar um nível de serviços a altura dos melhores hotéis do mundo e colocar o destino Natal na rota dos viajantes mais exigentes do planeta", afirma. 

Num paralelo com os caminhos que já percorreu, Alves cita uma experiência vivida há sete anos. A realidade atual, relata o dirigente, lembra um momento que presenciou no Ocean View Hotel Dubai, nos Emirados Árabes, quando a mão de obra era o calcanhar de aquiles da propriedade. Para o gestor, a força de trabalho é um desafio constante, tanto no mercado de Dubai como no Nordeste brasileiro.

Certo de que esse possível problema será sanado, o gerente comenta que a equipe do hotel está estudando unir-se a uma prestigiada chancela de luxo global. "Queremos nos alinhar a produtos nos eixos Sul-Sudeste, como o Emiliano, Ponta dos Ganchos ou o Fasano. Estruturalmente temos o melhor", ressalta.

Gefferson Alves: formação e experiência

O gerente geral do Vogal apresenta uma extensa carreira acadêmica. Se formou em 2004 em Administração de Empresas em São Paulo. E desde então realizou oito MBAs no Brasil, França e Estados Unidos. 

"Acredito que o aprendizado é para a vida. Tenho 20 anos de carreira mas em paralelo tenho todo o processo de formação. Desde quando eu me graduei eu não paro de estudar. Tenho investido alto, o que considero investir de igual forma na minha carreira prática", aponta.

E ainda assim, seu conhecimento acadêmico não é o bastante. "Tenho 35 anos, até os 70, que espero ter produtividade até lá, ainda tem muito o que aprender", finaliza.

(*) Crédito Foto: Divulgação/Wish Natal

Comentários