Gol diminui operações em 92% devido à baixa na demanda

Gol - redução da malha_coronavírusGol já havia interrompido todas suas operações internacionais

Após suspender operações internacionais, a Gol linhas aéreas anunciou que reduzirá malha aérea doméstica de 28 de março a 3 de maio. A decisão é uma resposta à diminuição da demanda em todo o país devido à pandemia do coronavírus. 

No período, a empresa manterá 50 voos diários entre o Aeroporto Internacional de Guarulhos e as demais 26 capitais. Outras rotas regionais, assim como as internacionais, permanecem suspensas, o que corresponde a uma pausa de 92% na malha aérea. 

Gol: companhias aéreas e o coronavírus 

Em nota, a companhia informou ainda que "ajustará sua oferta de serviços conforme a demanda específica dessas capitais e realizará voos extras de acordo com a necessidade para destinos regionais e internacionais". 

A Gol também flexibilizará o tempo limite de conexões, garantindo a interligação entre capitais em até 24h. A companhia confirmou que, no período de diminuição dos voos, cederá aos clientes a opção de alterar suas viagens sem cobrança de taxa.

A Gol segue o caminho traçado por outras companhias aéreas, que tentam sobreviver em meio à baixa demanda de passageiros. Na segunda-feira (23) a Voepass Linhas Aéreas anunciou total e temporária paralisação de suas operações.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Gol Linhas Aéreas

Comentários