HNA Group aceita vender Radisson Hotel Group para Jin Jiang International

HNA Group - Radisson Hotel GroupHNA Group está se desfazendo de vários ativos

O que era bastante especulado pela imprensa acabou se tornando realidade. Na última sexta-feira (10), o HNA Group concordou em vender a Radisson Hotel Group para um consórcio liderado pela Jin Jiang International. As informações são da agência de notícias Reuters, que destaca outros negócios que o grupo chinês vem fazendo para quitar dívidas (leia mais abaixo).

Como parte do acordo, o consórcio concordou em comprar 51,15% das ações da Radisson Hospitality AB, listada na bolsa de Estocolmo, por US$ 332 milhões. Além disso, a aquisição de uma participação adicional de 18,5% na Radisson Hospitality, que o braço sueco do HNA Group havia colocado como garantia de um empréstimo para um credor, também está prevista no negócio. Após a compra das ações, a Jin Jiang International também vai fazer um aporte para adquirir 100% da Radisson Holdings Inc. por um valor não revelado.

O HNA Grupo comprou 100% da Carlson Hotels Inc (por uma quantia não revelada) em 2016, em uma transação que incluiu 51,3% das ações da Rezidor Hotel AB, renomeada este ano como Radisson Hospitality AB. Na transação, segundo informações levantadas pela Reuters, o grupo chinês gastou mais de US$ 2 bilhões. Com ela, passou a controlar 1,4 mil hotéis em 115 países, de marcas como Radisson, Park Plaza e Country Inns & Suites.

HNA Group e Azul Linhas Aéreas

Em outra transação já prevista dentro da “liquidação” promovida pelo HNA Group, a Hainan Airlines anunciou que zerou sua participação na Azul Linhas Aéreas. A companhia aérea chinesa, que pertence ao HNA Group, comunicou ao mercado que vendeu 19,38 milhões de ADS (American Depositary Shares) a US$ 16,15 por unidade. 

O negócio foi fechado em US$ 306,2 milhões e os compradores são um grupo de investidores institucionais dos EUA sem ligação com a Hainan Airlines. Vale destacar que, em abril, a aérea chinesa negociou parte de suas ações na Azul Linhas Aéreas para a United Airlines por US$ 138,3 milhões. Além disso, em junho, informou que planejava vender a participação remanescente, o que fez agora. 

Em 2016, a Hainan Airlines pagou US$ 450 milhões por uma participação de 23,7% na Azul Linhas Aéreas.

Para ler os conteúdos originais, acesse https://reut.rs/2MIwPOYhttps://reut.rs/2vHvdPb (em inglês).

(*) Crédito da foto: Jason Lee/Reuters

Comentários