Hotel Toriba recebe Gabriella Rossi e Elaine Martorano no Toriba Musical

Hotel ToribaApresentação acontecerá no Auditório Cláudio Santoro

 Pela segunda vez, a soprano Gabriella Rossi e a mezzo soprano Elaine Martorano se reúnem para um recital lírico do Hotel Toriba. A primeira apresentação aconteceu em maio, no Auditório Cláudio Santoro, em Campos do Jordão (SP), que será palco para a performance do próximo sábado (26). 

As cantoras serão acompanhadas pelo pianista Antonio Luiz Barker, tocando árias e duetos de óperas e outras três canções compostas entre 1957 e 1959, por Cláudio Santoro com poesia de Vinicius de Moraes.

Vale destacar que 2019 é o ano do centenário de Santoro, um dos principais compositores brasileiros do século XX e de extrema relevância na história cultural de Campos do Jordão, dando nome ao auditório, sede do tradicional Festival de Inverno.

A apresentação faz parte da programação do Toriba Musical, que recebeu em sua última edição a soprano Flavia Albano cantando ao lado da mezzo soprano Cecília Massa, na Sala da Lareira do hotel.

Hotel Toriba: as cantoras

 A soprano lírico Gabriella Rossi graduou-se pela UNESP e pelo Ópera Estúdio da EMESP. Atualmente é orientada por Isabel Maresca. Em 2011 foi cantora do Centre de Perfeccionament Plácido Domingo, em Valência, Espanha, onde teve a oportunidade de se apresentar no Teatro Martin I Soler e no Palau de la Música. Participa de diversos festivais e masterclasses – como o 37º e 38º Festivais de Inverno de Campos de Jordão, onde foi aluna ativa da masterclass de Kiri  te Kanawa. 

Trabalha em diversas produções de óperas, geralmente em papeis protagonistas, destacando-se, entre tantas: Eurídice em "Orpheè aux Enfers" de Offenbach, Fiordiligi em "Così fan tutte" de Mozart e Hanna em "Die Lustige Witwe" de Lehár. Em 2008 Gabriella teve seu début internacional no Festival Gilbert and Sullivan, realizado em Buxton, Inglaterra, cantando o papel protagonista (Josephine) e recebendo o prêmio Adjuricator's Award. Em Novembro de 2011 fez seu début no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, cantando Fata Morgana da ópera "L’amour pour trois orange", de Prokofiev. Em Setembro de 2014 debutou Desdemona da ópera "Otello", de Verdi, no Theatro da Paz em Belém, onde teve a oportunidade de trabalhar com Walter Fraccaro.

A mezzo soprano Elaine Martorano ingressou no Coral do Amazonas em 2004 e no mesmo ano alcançou grande destaque como solista no concerto de música sacra barroca, cantando "Glória" (Vivaldi) e "Magnificat" (J. S. Bach). Participou depois de edições do Festival Amazonas de Ópera, entrando definitivamente para a cena lírica amazonense. Em 2008, transferiu-se para São Paulo para aperfeiçoar-se em canto, estudando com a professora Lenice Priole e com o maestro, diretor musical e vocal coach performance Marconi Araújo.

(*) Crédito da foto: Paula Mariane

Comentários