Lodging Econometrics: Marriott, Hilton, IHG e Accor têm 55% do pipeline global

Lodging Econometrics - Dubai pipelineEntre as cidades, Dubai tem o segundo maior pipeline mundial

Estudo referência para medir a expansão da hotelaria global, o Global Construction Pipeline Trend Report foi divulgado ontem (6). O levantamento da Lodging Econometrics (LE) compila o pipeline de construção de diversos países, fazendo um balanço final de 2018. Estão previstos 13.573 projetos (2,26 milhões de apartamentos) no mundo, alta de 6% frente a 2017 (+7% no número de quartos). Hilton, Accor, Marriott International e IHG (InterContinental Hotels Group) respondem por 55% dessas aberturas.

A Marriott International tem o maior pipeline global, com 2.544 projetos em desenvolvimento, totalizando 420,4 mil apartamentos. Em segundo lugar aparece outra rede norte-americana, a Hilton, com 2,252 hotéis em construção (333,2 mil quartos). Na sequência vêm IHG, com 1,716 unidades e 249,3 habitações, e Accor, com 966 empreendimentos e 177 mil cômodos.

Lodging Econometrics: mais dados

O estudo reitera o que o último relatório já dizia: a hotelaria mundial vive um período de contínuo crescimento. De acordo com a LE, trata-se do oitavo ano consecutivo de aumento no pipeline global. Ainda segundo a consultoria, todas as regiões estudadas apresentaram expansão, à exceção da América do Sul, corroborando dados da STR. Mais ainda, quatro delas registraram recorde histórico no ano passado: Europa, África, Oriente Médio e Ásia-Pacifico.

Além disso, 2018 fechou com um recorde de 6.352 projetos (1,17 milhões de quartos) em construção. Existem ainda 3.860 hotéis (572,4 mil apartamentos) com obras a serem iniciadas em 12 meses e 3.361 unidades (520,7 mil habitações) no estágio inicial de planejamento – outro recorde anual. Estados Unidos, China, Indonésia, Alemanha e Reino Unido, nesta ordem, têm os maiores pipelines globais, com os dois primeiros em destaque absoluto.

Entre as cidades, Nova York é a líder mundial, com 171 hotéis em construção (29,4 mil quartos). Municípios americanos, do Oriente Médio e chineses fecham a lista dos cinco destinos com maior pipeline global. São elas: Dubai (168 projetos/49,9 mil quartos), Dallas (163/19,4 mil), Los Angeles (147/23,4 mil) e Guangzhou (132/28,6 mil).

(*) Crédito da capa: freephotos/Pixabay

(**) Crédito da foto: Vinicius Medeiros/Hotelier News

Comentários