Mandarin Oriental assume gestão de resort de luxo na Itália

Mandarin Oriental - resort lago comoResort tem 76 quartos que ficam em villas do século XIX

Um dos empreendimentos mais exclusivos no Norte da Itália está sob nova direção. O CastaDiva Resort & Spa, que fica à beira do Lago Como, entrou para o portfólio da Mandarin Oriental. Renomeada como Mandarin Oriental Lake Como, a propriedade passará a ser gerida pela rede asiática no primeiro semestre de 2019, após renovação.

A unidade é ainda membro do portfólio da Small Luxury Hotels of The World. O empreendimento será o primeiro resort do Mandarin Oriental na Europa Ocidental. Mais ainda, a propriedade se torna a segunda operação da empresa asiática na Itália, depois do Mandarin Oriental, em Milão.

O futuro Mandarin Oriental Lake Como tem 76 quartos e suítes, que ficam dentro de nove villas do século XIX. A propriedade é cercada por pequenos vilarejos tipicamente italianos, além de ser bem próximo do Aeroporto Internacional de Malpensa, em Milão. Além de serviços exclusivos e luxuosos, o resort oferece ainda trilhas para caminhadas, passeios de barco e outras atividades aquáticas.

Mandarin Oriental: expansão

A Mandarin Oriental tem outros oito hotéis operando na Europa, em cidades como Barcelona, Londres e Munique. Recentemente, a rede asiática adicionou sua segunda unidade no Caribe, em Canouan, em São Vicente e Granadinas. De 26 quartos, a propriedade entrou no portfólio a partir de uma conversão de um resort do Pink Sands Club.

Antes disso, a rede asiática anunciou outra propriedade na região. Trata-se do Mandarin Oriental Grand Cayman, nas Ilhas Cayman. O empreendimento ocupa uma área de 27 hectares em St. James Point e conta com apenas 100 quartos.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Mandarin Oriental

Comentários