Marriott International anuncia investimentos de US$ 500 milhões para transformar hotéis Sheraton

Marriott International - Sheraton projetoA Marriott apresentou o projeto das áreas comuns

Com a fusão no ano passado, Marriott International e Starwood Hotels & Resorts formaram a maior empresa de hospitalidade do mundo. Com um amplo portfólio para trabalhar, a Marriott começa a dar sua cara às bandeiras herdadas. Ontem (4), rede americana apresentou a visão do que pretende para uma das suas marcas mais representativas: Sheraton. Os investimentos previstos para as adaptações estão na casa de US$ 500 milhões somente nos Estados Unidos, informou a companhia.

Segundo a Marriott, as adaptações vão se dar, sobretudo, nas áreas comuns dos hotéis, visto que os projetos dos quartos já foram apresentados. O anúncio foi feito ontem (4), durante NY International Hospitality Industry Investment Conference, evento promovido pela NYU (New York University) que termina amanhã (6), na Big Apple.

Um estande de 390 metros quadrados foi montado no encontro para apresentar um pouco do que a companhia pensa para a Sheraton – bandeira com terceiro maior número de unidades no portfólio. Ainda no evento na NYU, a STR divulgou estimativas sobre o desempenho da hotelaria americana neste ano e em 2019.

Marriott International: retorno dos proprietários 

O objetivo de apresentar o projeto durante o evento em Nova York foi levá-los para perto de proprietários e investidores, além de mostrar a nova assinatura, em termos de operações e filosofia de design, da marca. "Desde a conclusão da fusão com a Starwood, a revitalização da marca Sheraton tem sido uma das nossas principais prioridades", comentou Arne Sorenson, CEO da Marriott International, durante o evento.

"Sabíamos que, para restaurar essa marca incrível, precisávamos ter foco e colaboração dos proprietários dos hotéis. Queríamos aproveitar o rico legado da Sheraton de estar no coração das comunidades em todo o mundo, mas também criar um posicionamento diferenciado e uma proposta atraente para esses investidores”, completou Sorenson.

Boa parte dos US$ 500 milhões em investimento na renovação dos hotéis nos EUA será feito pelos proprietários. Além disso, de acordo com a Marriott, em nível global, 25% das unidades Sheraton se comprometeram com reformas, sendo que algumas já estão em andamento.

"A Marriott International está bem posicionada para oferecer uma estratégia abrangente para a transformação da marca Sheraton. Esta é a primeira vez em anos que a bandeira está acima do benchmark competitivo em taxa e ocupação", revelou Tina Edmundson, Global Brand Officer da Marriott International.

Para ler o conteúdo original, acesse https://bit.ly/2HnHP0K

(*) Crédito da capa: Divulgação/Sheraton

(*) Crédito da foto: Divulgação/Marriott International 

Comentários