Muito aguardado, Fairmont Copacabana abre oficialmente as portas

Fairmont Copacabana abre oficialmente e busca ocupação totalAbertura oficial ocorre após três meses de operação em soft opening

O Fairmont Copacabana, inaugurado oficialmente hoje (12) após três meses de soft opening, pretende alcançar 100% de ocupação já no Réveillon. A lotação também é esperada para o Carnaval, afirma Netto Moreira, gerente geral do empreendimento. Segundo ele, há otimismo em relação a esse desempenho por conta da boa avaliação da operação até aqui, seja por parte dos hóspedes ou da própria rede francesa.

"Já com 15 dias após a inauguração, recebemos um congresso médico que ocupou os 300 quartos colocados à disposição. Além disso, a área de eventos pôde receber na ocasião 900 pessoas. Vimos, então, que já estávamos prontos para operar", comentou.

Fairmont Copacabana abre oficialmente e busca ocupação totalEvento de abertura oficial lotou os salões do hotel com convidados

Moreira explicou que, desde que a Accor iniciou a reforma do hotel, há dois anos, o empreendimento foi praticamente reconstruído. Os aportes alcançaram R$ 260 milhões. Entre as mudanças, está a recolocação da recepção no sexto andar. O primeiro pavimento foi dedicado a um espaço de artesanato e um café.

Além da recepção, o sexto andar também é o espaço onde está a piscina do Fairmont. É no local, inclusive, que será feita a primeira festa de Réveillon no próximo mês. 

Fairmont Copacabana: mais hotéis no Rio

Patrick Mendes, presidente da Accor na América do Sul, ressaltou que o Fairmont Copacabana representa a entrada da marca no continente.

Já, Didier Bosc, CEO da Accor Invest na América do Sul, disse em seu discurso que a unidade é ainda a única da marca Fairmont de propriedade da empresa em território latino-americano. Agora, ela se une a outros 40 empreendimentos na região, bem como a outros cerca de 800 no mundo. O executivo, contudo, adiantou que o grupo irá ampliar seu portfólio para mais nove hotéis no estado do Rio, e outros seis estão em fase de reforma.

Disse ainda que a aquisição da marca Fairmont é um passo para a Accor se consolidar no mercado de hotelaria de luxo, principalmente na América Latina. 

(*) Crédito da foto: Matheus Gagliano/Hotelier News

Comentários