Negociação entre Smiles e Gol sobre incorporação pode levar 3 meses

gol - incorporacao smilesEmpresa aérea é a controladora do Smiles

As negociações entre a Smiles e sua controladora (a Gol Linhas Aéreas) e um plano de incorporação podem levar cerca de três meses. A avaliação é de um executivo da administradora de programas de fidelidade. O profissional considerou na análise o tempo médio de operações similares nos últimos anos no Brasil, informou a agência de notícias Reuters.

“Essa operação tem características próprias, mas temos visto esse período de tempo como possível parâmetro”, confirmou à Reuters o diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Smiles, Marcos Pinheiro.

Hoje (28) mais cedo, a Smiles anunciou a composição de um comitê que será responsável por negociar os termos da incorporação pela Gol. O grupo é formado por Ana Novaes e José Luiz Osório, ex-diretores da CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Integra-o também José Monforte, ex-presidente do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa).

Amanhã (29), acionistas da Smiles se reúnem em assembleia extraordinária para votar a proposta de reforma estatutária. Se aprovada, a medida abre caminho para a reestruturação desejada pela Gol.

Smiles: condições 

Segundo Pinheiro, o objetivo do comitê é defender condições justas para os acionistas da Smiles na negociação com a Gol. A empresa aérea, por sua vez, detém 52,7% das ações da companhia. O conselho de administração do programa de fidelidade, contudo, não é obrigado a chancelar as indicações do grupo.

O plano anunciado pela companhia aérea no mês passado é parte de uma reestruturação societária mais ampla. O objetivo é levar o grupo ao Novo Mercado da B3. A proposta, entretanto, foi bastante criticada por acionistas minoritários da Smiles, já que indica que eles devem receber ações da Gol com direito a voto menos abrangente que têm atualmente.

A ação da Smiles caiu quase 40% no pregão seguinte ao anúncio, fazendo a empresa perder cerca de 2,5 bilhões de reais em valor de mercado. A CVM abriu um processo para analisar a reestruturação.

Para ler a notícia original, clique em https://bit.ly/2raMXjd.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Gol Linhas Aéreas Inteligentes

Comentários