Novo decreto mantém atividade hoteleira suspensa em Maringá (PR)

Maringá - decreto atividade hoteleiraHotéis vazios: prefeitura ainda reluta em liberar a atividade em Maringá

A prefeitura de Maringá publicou, no sábado (18), novo decreto mantendo a suspensão do funcionamento de hotéis. Ainda assim, nem tudo está perdido. Na sexta-feira (17), o prefeito Ulisses Maia assinou edital permitindo credenciamento de unidades hoteleiras para contratação de leitos, a fim de serem utilizados por pacientes ou profissionais da saúde.

Por isso, hoje (20), representantes do setor vão se reunir com o Jair Biatto, secretario municipal de Saúde. Na pauta do encontro, apresentação de normas para definir possível reabertura dos hotéis em Maringá. Ao que tudo indica, portanto, um início de entendimento entre a gestão municipal e o setor começa a sair do papel.

A hotelaria da cidade paranaense não recebe novos hóspedes desde o dia 20 de março. Vale destacar que, em ação capitaneada pelo Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, o setor entrou com uma liminar para retomar as atividades.

Maringá: comércio volta ao poucos

Alguns serviços do comércio poderão voltar a funcionar a partir de hoje na cidade, conforme o decreto da prefeitura. Como em São Paulo, restaurantes, bares e afins continuam fechados, somente atendendo nos modelos delivery, drive thru ou retirada no balcão.

O funcionamento de shoppings de atacado ou varejo também permanece suspenso. O decreto ainda prevê medidas de prevenção obrigatórias para o retorno de atividades do comércio como uso de máscaras e distância mínima entre pessoas.

(*) Crédito da foto: Peter Kutuchian/Hotelier News

Comentários