Precificação: monitoramento de tarifas em tempo real é fundamental

precificação- otaAs tarifas devem estar coerentes com o mercado

A OTA Insight - empresa de data intelligence hoteleira - divulgou recentemente dicas para encontrar o rate shopper ideal para cada empreendimento. Desta vez, a companhia traz um guia de monitoramento de tarifas em tempo real visando manter a precificação correta e coerente com o mercado.

Atualizar dados da concorrência para definir valores é uma atividade que deve ser realizada constantemente. O setor hoteleiro é dinâmico e colocar a receita do empreendimento em jogo com base em suposições pode ser um tiro no pé. Avaliar e ajustar as tarifas com bases sólidas trazem resultados positivos e ajudam a manter o profissional em dia com os números do mercado.

A empresa definiu alguns pontos-chave para fazer esse trabalho de forma eficaz com o intuito de definir a precificação para o segmento B2C. Confira:

Precificação: dicas

1. Previsão e tarifas flexíveis em tempo real
Lembre-se de que é preciso encontrar um equilíbrio entre a venda antecipada de alguns segmentos com tarifas menores, garantindo a ocupação - mas retendo algumas para vender posteriormente depois de elevar o preço à medida que a demanda aumenta (sabendo que corre o risco de não vender esses quartos).

Algumas dicas práticas são: compare as tarifas atuais com as suas tarifas OTB (nos livros) e tarifas de quartos ocupados, analise as tarifas de mercado diariamente e as tarifas do mercado em profundidade semanalmente, considere eventos locais, verifique seus canais de reservas online e determine quais são os mais eficazes e remova tarifas que não vendem.

2. Confire as tarifas dos competidores
As tarifas dos competidores em tempo real sempre devem ser levadas em consideração ao analisar e ajustar sua estratégia de preços. Isso não apenas te ajudará a aumentar sua receita de maneira proativa, mas também possibilitará ver quais OTAs, operadores ou meta-sites estão te prejudicando, e agir prontamente para garantir a paridade de tarifas.

Outros fatores a serem considerados incluem: disponibilizar todos os tipos de tarifas em baixa demanda, fechar as tarifas com descontos elevados quando a demanda aumentar e, se necessário, aplicar restrições de tempo de permanência, e em períodos de alta demanda, fechar todas as tarifas, exceto as diárias e as melhores tarifas disponíveis.

3. Arme-se com uma ferramenta de inteligência tarifária
A menos que queira gastar a maior parte do seu tempo entrando em site para site para coletar dados de mercado, obtenha software de inteligência de preços para fazer o trabalho pesado. Uma ferramenta como o Rate Insight, colocará os dados em um formato fácil de digerir - de modo que tudo o que você precisa fazer é analisar os dados e responder à demanda do mercado. Seria impossível acompanhar as flutuações do mercado de outra forma.

Muitas vezes, essas ferramentas têm outros recursos internos úteis. Por exemplo, o Rate Insight também te permite acompanhar outras métricas valiosas, como o ranking das OTA's e sua nota de review do TripAdvisor, e inclui um calendário de eventos.

As ferramentas de inteligência de mercado também podem te ajudar a combater a disparidade de tarifas, que é um dos maiores desafios para os hoteleiros. É essencial ter um controle firme sobre seus contratos e saber onde e em qual tarifa seu estoque está sendo distribuído. Ferramentas especializadas existem para rastrear a paridade. Por exemplo, o Parity Insight te ajudar a monitorar e reforçar a paridade de tarifas, te permitindo descobrir discrepâncias.

(*) Crédito da foto: edar/Pixabay

Comentários