Radisson Hotel Belém elimina uso de canudos plásticos

Radisson hotel belém - canudos plásticosSubstitutos biodegradáveis de papel serão oferecidos aos hóspedes

O Radisson Hotel Belém, na capital paraense, aboliu o uso de canudos plásticos em suas operações de A&B (Alimentos & Bebidas). A medida foi adotada no início do ano para diminuir a quantidade de plástico que chega ao mar. O hotel, que integra o portfólio da Atlantica Hotels, passa a servir bebidas com canudos de papel biodegradáveis, caso o hóspede solicite. 

“Qualquer empreendimento hoteleiro deve ser agente e disseminador de causas ambientais. Neste caso, queremos contribuir com a diminuição da poluição, principalmente nos oceanos, participando ativamente da conscientização de todos os nossos públicos de relacionamento”, afirma Leonardo Rodrigues, gerente geral do Radisson Hotel Belém.

A expectativa com a nova conduta é reduzir, por ano, o uso de 12 mil canudos plásticos. “Com a divulgação de nossa campanha, que tem parceria do restaurante JP, esperamos impactar não apenas hóspedes, mas também nossos colaboradores, fornecedores e parceiros de negócio, convidando-os a propagarem a causa”, declara Rodrigues.

Radisson Hotel: outras medidas

O hotel paraense não é o primeiro da Atlantica Hotels a adotar a medida. Desde julho do ano passado, o Radisson Hotel Aracaju também não utiliza mais canudos plásticos no A&B

A nova política leva em consideração pesquisa realizada pela revista Science, divulgada há quatro anos. De acordo com estudo, são gerados 275 milhões de toneladas de resíduos plásticos no mundo, dos quais aproximadamente 10 milhões chegam aos oceanos. 

A iniciativa dos hotéis Radisson segue tendência do setor em aderir à cultura plastic free.

(*) Crédito da foto: Alexas_Fotos/Pixabay

(**) Crédito da foto: Divulgação/Radisson Hotel Belém

Comentários