Sérgio Souza é o novo presidente da Resorts Brasil

sérgio sousa- lobbySouza e Ana durante coletiva de imprensa na Abav Expo

Durante o primeiro dia de Abav Expo, a Resorts Brasil anunciou Sérgio Souza como novo presidente da entidade. O executivo foi escolhido em assembleia geral, que teve uma única chapa eleitoral inscrita, após o afastamento de Alberto Cestrone. Sousa exercerá o cargo no biênio de 2020/2021, ao lado de Ana Biselli Aidar como diretora executiva.

“Assumo o cargo de presidente da Resorts Brasil para continuar o projeto que iniciamos no ano de 2017, junto ao Alberto Cestrone e Ricardo Domingues. Estamos muito, muito orgulhosos com o que desenvolvemos até aqui e esperamos dar andamento a todo o nosso desenvolvimento nos próximos dois anos”, declara Souza.

O presidente recém-eleito relembrou seus tempos de vice, quando ao lado de Cestrone e Ricardo Domingues, construíram o planejamento de estruturação da instituição. “Fizemos uma tríade [Alberto, Sérgio e Ricardo] com um projeto de estruturar a Associação, aproximarmos cada vez mais dos resorts e buscar parceiros comerciais que pudessem agregar ao segmento como um todo. Além disso, avançamos no relacionamento com o governo para o fomento do setor no Brasil, com propostas de extrema importância”, finaliza.

Sérgio Souza: diretoria

Domingues também deixa a diretoria executiva da Resorts Brasil por opção, já que o profissional não conseguiria conciliar as demandas do cargo com projetos particulares. “Saio dessa fase com a sensação de dever cumprido. Foram dois anos de conquistas e realizações. Voltamos a expor a marca dos resorts no mercado internacional e trouxemos um novo olhar ao segmento, com aproximação de startups de tecnologia, por exemplo”, afirma.

Quem ocupa o posto de Domingues é Ana Biselli Aidar. Já o ex-diretor volta para Santa Catarina para se dedicar a sua empresa que está em fase de expansão. “Sou muito fã do trabalho da Ana. Ela trará uma nova dinâmica à entidade, pois se trata de uma profissional com ampla experiência, que prima pelo bom relacionamento e desenvolvimento de estratégias a longo prazo”, comenta.

Primeiro semestre

A Resorts Brasil traçou o panorama do primeiro semestre deste ano. No período, o principal indicador de desempenho dos associados, o TRevPAR, sofreu leve recuo de 2,15% em termos nominais. Muito se explica essa estatística a redução na taxa de ocupação, que foi em 5,1%. Por outro lado, demonstrando toda a criatividade e expertise na gestão dos empreendimentos, a receita média se elevou em 3,1%.

Embora os números, de uma forma geral, tenham sofrido discretas reduções, se comparados ao ano passado, as perspectivas no setor se perpetuam muito positivas. Em princípio, porque o segundo trimestre apresentou valores mais positivos que o primeiro. Em longo prazo, pela expectativa criada pelo governo, com as tão desejadas reformas (previdenciária e financeira) e a valorização do dólar, que deve beneficiar o mercado brasileiro.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Resorts Brasil

Comentários