STR: Europa abre 2019 em crescimento

STR europa janeiroBarcelona atingiu recorde de ocupação em janeiro de 2019

A hotelaria europeia abriu 2019 com pé direito, a exemplo dos Estados Unidos. Em janeiro, a região apresentou crescimento nos três principais indicadores do setor. Ainda assim, alguns destinos registraram queda na ocupação, caso de Paris. Os dados são da STR.

Em janeiro, na comparação com igual período de 2018, a ocupação na região cresceu timidamente, 0,1%, fechando em 58,1%. Na mesma base de análise, a diária média aumentou 2,5% (para € 99,56), enquanto o RevPar subiu de 2,4% (para € 57,81).

Apesar do crescimento geral na comparação com janeiro de 2018, Paris teve a pior ocupação em janeiro desde 2016. Segundo analistas da STR, a razão foram os protestos frequentes que acontecem desde o fim do ano passado na capital francesa.

Em função disso, o indicador teve recuo de 5,9% em relação a igual período de 2018, fechando janeiro a 65%. Os demais índices, no entanto, tiveram crescimento. A diária média subiu 7,1% (para € 204,07) na mesma base de análise, sustentando a alta de 13,6% no RevPar (a € 132,72).

STR: Barcelona

Um mercado que chamou atenção no cenário europeu no início de 2019 foi Barcelona. A cidade teve alta nos três principais indicadores do setor. A ocupação da cidade catalã, por exemplo, subiu em 6,1% em relação a igual mês de 2018, a 60,4%. Os demais índices acompanharam, com uma diária média de € 107,75 (+7,1%) e RevPar de  € 65,08 (+13,6%).

Segundo análise do STR, embora Barcelona tenha um segmento de lazer forte o ano todo, os números são justificados pela alta na demanda nas viagens corporativas. O cenário também mostra uma recuperação da cidade após o impacto do referendo de independência catalã em 2017.

(*) Crédito da foto: Walkerssk/Pixabay

Comentários