Wyndham Hotels & Resorts anuncia expansão em países da antiga URSS

Wyndham - projeto do Wyndham Grand TbilisiProjeto do prédio do futuro Wyndham Grand Tbilisi, na capital da Geórgia

De olho no mercado do leste europeu, a Wyndham Hotel & Resorts prepara ofensiva nos países da antiga União Soviética. A rede norte-americana anunciou assinatura de contrato para abertura de 15 empreendimentos na região nos próximos dois anos. Entre as praças com inaugurações confirmadas estão Rússia, Geórgia, Quirguistão, Armênia, Cazaquistão e Uzbequistão.

Ao fim de todas as aberturas, a Wyndham aumentará sua presença na região para 35 unidades, somando 5,7 mil apartamentos. Dimitris Manikis, presidente da Wyndham para a EMEA (Europa, Oriente Médio e África, na sigla em inglês), explica que os países da antiga URSS são destinos emergentes e com perspectivas de aumento nas chegadas internacionais e domésticas.    

"De cidades prósperas a paisagens cativantes, a região oferece uma variedade atraente de oportunidades", afirma Manikis. "Nosso plano de expansão está alinhado à nossa visão de tornar possível hotéis para todos, atendendo a qualquer viajante, onde e como quiserem viajar pela região”, completa.

Não muito longe dali, a Wyndham também prepara sua expansão na China, onde pretende abrir 500 hotéis até 2022.

Wyndham: expansão com várias marcas

O crescimento na região vai se dar por meio de diferentes bandeiras da rede norte-americana. Wyndham Garden, Ramada e TRYP estão entre elas, com aberturas em diferentes cidades. Ecaterimburgo, Tbilisi, Kutaisi, Tashkent, Goderdzi, Batumi, Bishkek e Yerevan integram a lista de mercados que ganham hotéis pela Wyndham no Leste Europeu.

Entre as aberturas mais próximas nos países da antiga União Soviética estão:

– Ramada Encore by Wyndham Yekaterinburg (2020)
– Ramada by Wyndham Tbilisi (2020)
– Ramada by Wyndham Kutaisi (2021)
– Wyndham Garden Tashkent International Airport (2021)

(*) Crédito da capa: 13smok/Pixabay

(**) Crédito da foto: Divulgação/Wyndham Hotel & Resorts 

Comentários