';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Samba Hotéis passa a operar duas novas modalidades de negócios

Por Redação 19 de fevereiro de 2020

Samba Hotéis - novidadesRede administra cinco unidades no RJ

Este ano, a Samba Hotéis passa a atuar com duas novas modalidades de negócios: a primeira é a operação de bandeiras internacionais, já a segunda se trata de contratos soft brand, visando maior flexibilidade para a rede e investidores parceiros.

Ainda no primeiro bimestre de 2020, o grupo começa a administrar uma nova unidade, localizada na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O Best Western Rio Convention funcionará sob a gestão da Samba Hotéis, que levará sua equipe para tocar o dia a dia do hotel.

Segundo Guilherme Castro, CEO da Samba Hotéis, a parceria aconteceu devido à confiança já estabelecida a partir de outros empreendimentos assumidos pela empresa. “Os investidores do Best Western Rio Convention apostaram em nossa equipe porque tivemos uma excelente colocação em outros hotéis brasileiros”, conta.

Samba Hotéis: expansão da marca

Em pleno momento de expansão, a Samba segue aumentando seu portfólio. Apenas no Rio de Janeiro, a rede administra cinco unidades. “Um ponto importante para nossa empresa é o compartilhamento das etapas envolvidas na ampliação da nossa estrutura. Nós aprimoramos nossos processos operacionais e  tecnológicos por meio de uma gestão eficiente, com o expertise adquirido na administração  dos demais hotéis da rede. Acredito que, apoiados por esta curva de aprendizado, nos capacitamos para atingir nossa meta projetada em 35 hotéis entre 2020 e 2022, mantendo-nos fiéis à nossa missão que é a equidade de ganhos entre todos os envolvidos nos projetos, investidores, administradores, hóspedes, colaboradores e fornecedores”, afirma Castro.

Para além da parceria carioca, a Samba assinou o contrato do primeiro hotel da marca Soft Brand By Samba, localizado na cidade de Lagoa Santa, próxima ao aeroporto de Confins. No ano passado, a rede abriu sua primeira unidade feita de contêiner em Minas Gerais, levando a bandeira Samba In The Box. 

Apenas no primeiro semestre de 2019, o grupo faturou R$ 15 milhões, o que representa 60% da receita total de 2018 (R$ 25 milhões). No período, a empresa ainda registrou alta de 34% na diária média e 25,6% na ocupação dos empreendimentos na comparação anual.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Samba Hotéis