';
Accor Bolivia

"Bem-vindos ao nosso novo portal! "

Peter Kutuchian
Founder & CEO
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Accor desembarca na Bolívia com marca inédita no Brasil

Por Redação 19 de novembro de 2020

A Accor faz sua estreia na Bolívia com a abertura do primeiro Swissôtel Santa Cruz de la Sierra. A marca, inédita no Brasil e adquirida em 2015 pela rede francesa, já está presente em outros países da América do Sul como Equador e Peru. A notícia é do portal Caribean News Digital .

Localizado no Bairro 2 de Abril, o empreendimento possui 138 quartos e suítes. A infraestrutura se completa com, salas de conferências e outras duas para reuniões. Na área de A&B (Alimentos & Bebidas),  o Swissôtel Santa Cruz de la Sierra oferece o restaurante Elsa, de gastronomia internacional, e o Bar Faro no rooftop. Academia de ginástica, sala para massagens e piscina aquecida também são opções disponíveis para os hóspedes.

Accor: primeira gerente geral da marca

A liderança do Swissôtel Santa Cruz de la Sierra fica a cargo da primeira gerente geral feminina da marca na região, a peruana Miluska Llaque, que vem transferida do Swissôtel Lima.

“Estamos felizes com a chegada da Accor ao país, nesta cidade estratégica. A marca é sinônimo de tudo o que há para se amar na Suíça, desde design inteligente e artesanato de qualidade até sustentabilidade e bem-estar inspirado nos Alpes”, diz Philippe Trapp, vice-presidente executivo de marcas de luxo da Accor South America.

“Estamos ansiosos para trazer sua abordagem diferenciada ao serviço, estilo e confiabilidade para a Bolívia. É vital, agora mais do que nunca, reforçar que a Accor é líder mundial no setor com seu selo de higiene e limpeza ALLSAFE, que inclui mais de 150 protocolos para proporcionar confiança aos nossos hóspedes e colaboradores”, completa.

Frank Spielvogel, gerente regional do Swissôtel diz estar feliz que a a marca Swissôtel continue sua expansão global com esta nova propriedade na América do Sul. “Temos grandes expectativas de que a Bolívia terá o mesmo sucesso que Peru e Equador.”

(*) Crédit0 da foto: Tashinamgyal/Pixabay