';

"Bem-vindos ao nosso novo portal! "

Peter Kutuchian
Founder & CEO
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Confiança no setor de serviços no Brasil segue em alta, aponta FGV

Por Redação 28 de agosto de 2020

Setor de serviços - ICS FGV_agostoFoi a quarta alta consecutiva no ICS, que subiu 6 pontos em agosto

A confiança de serviços no Brasil manteve a trajetória de recuperação em agosto, informa a FGV (Fundação Getulio Vargas). Foi a quarta alta consecutiva no Índice de Confiança de Serviços (ICS), que bateu em 85 ao subir 6 pontos frente a julho. O indicador, no entanto, segue abaixo do nível pré-pandemia de fevereiro, quando registrou 94,4 pontos.

O IC segue trajetória similar ao do ICC (Índice de Confiança do Consumidor), que também subiu neste mês. “Em agosto, a confiança de serviços segue a trajetória de recuperação”, disse em nota Rodolpho Tobler, economista do FGV Ibre. Segundo ele, apesar da alta, a velocidade da retomada tem se mostrado mais lenta que nos demais setores da economia.

“A confiança dos empresários de serviços tem evoluído junto com as medidas de flexibilização, mas alguns segmentos ainda encontram obstáculos e a elevada incerteza dificulta a projeção de um cenário mais otimista no curto prazo”, acrescenta Tobler.

Setor  de serviços: vírus ainda preocupa

Importantes centros econômicos brasileiros, como São Paulo, começaram a permitir a reabertura de estabelecimentos e empresas nos últimos meses. No entanto, essa retomada está acontecendo ainda em um contexto de alta disseminação do vírus no país. A doença já registra mais de 118 mil mortos desde o início do surto e a conta continua crescendo.

Em agosto, o Índice de Situação Atual (ISA-S) da confiança do setor de serviços subiu 5,8 pontos, a 76,8 pontos, ainda abaixo do nível pré-Covid. Já o Índice de Expectativas (IE-S) saltou 6,2 pontos, a 93,5 pontos, seu maior valor desde fevereiro deste ano (98,9 pontos).

(*) Crédito da foto: StockSnap/Pixabay