';

"Bem-vindos ao nosso novo portal! "

Peter Kutuchian
Founder & CEO
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Ctrip investe em fabricante de robôs para hotelaria

Por Vinicius Medeiros 10 de janeiro de 2019

Ctrip - robôYunji Technology tem robôs em 500 hotéis na China

A era da robótica e da Inteligência Artificial parece não ter volta na hotelaria. Da segurança ao room service, passando ainda pelo atendimento aos clientes, o equipamento vem se disseminando no setor. De olho nesse movimento, a Ctrip anunciou esta semana que aportou recursos na Yunji Technology, fabricante de robôs baseada em Pequim. A soma total de investimentos não foi divulgada.

A Yunji Technology produz robôs para uma ampla variedade de indústrias, incluindo a hoteleira. Hoje, a companhia tem mais de unidades operando em mais de 500 hotéis no mercado chinês. De maneira geral, são programados para executar duas das três tarefas citadas no início do texto: room service e concierge. 

Além disso, a empresa chinesa tem clientes em vários outros países. Segundo a Yunji Technology, os robôs também estão em operação em hotéis no Japão, Coréia do Sul, Cingapura, Tailândia, Arábia Saudita e na América do Norte. 

Ctrip e Inteligência Artificial

Em comunicado, a Ctrip informou a negociação integra os esforços da empresa na área de Inteligência Artificial. Mais ainda, o acordo prevê também ampla colaboração entre as duas empresas. O objetivo é “promover soluções e aplicações inteligentes para a indústria de hospitalidade”. 

Um dos projetos em andamento é o “Easy Stay”, com lançamento programado para março. O serviço permite que reservas realizadas por meio da OTA chinesa e de outras plataformas tenham verificação de identificação automatizada para agilizar o check-in nos hotéis. Já as chaves seriam emitidas e obtidas por meio de quiosques de autoatendimento.

A OTA chinesa disse que tem atualmente 8 mil engenheiros trabalhando no desenvolvimento desse e de outros projetos. Segundo a Ctrip, todos os esforços estão voltados para tecnologias na área apelidada como ABC (Artificial Intelligence, Big Data and Cloud Computing).

Para ler o conteúdo original, acesse https://bit.ly/2CaDWvQ.

(*) Crédito da foto: StockSnap/Pixabay