Coronavírus fecha mais hotéis no país, e a conta cresce...

Coronavírus - lista de hotéis fechando_WZ JardinsAs luzes do colorido WZ Jardins ficarão desligadas até 7 de abril

Diariamente, a lista de hotéis independentes que anuncia a paralisação das operações cresce no Brasil em função dos efeitos do coronavírus. Concentrados no Sul e Sudeste, vários empreendimentos já anunciaram o fechamento por tempo determinado ou não. E mais e mais nomes são adicionados a essa conta todos os dias, e ontem (23) não foi exceção.

Ontem, por exemplo, tanto hotéis em praças centrais, quanto resorts de lazer anunciaram a paralisação das operações. Em São Paulo, o WZ Hotel Jardins suspendeu as atividades até 7 de abril, com possibilidade de prorrogação da data. A unidade informa, contudo, que canais de comunicação via email e site continuam abertos para realocação de reservas ou possíveis dúvidas.

Também em São Paulo, só que no interior, o Mavsa Resort fez a mesma coisa. Localizado em Cesário Lange, o empreendimento suspendeu as atividades até 9 de abril. Assim como o WZ Hotel Jardins, o resort mantém canais de comunicação abertos para os clientes reagendar reservas ou sanar possíveis dúvidas.

Coronavírus: Rio de Janeiro e Floripa

Situado em Teresópolis (RJ), o Le Canton anunciou férias coletivas, no período de 23 de março a 30 de abril, cerrando suas portas momentaneamente. Mônica Paixão, diretora geral do empreendimento fluminense, explica que os resultados obtidos em 2019 permitiram tomar a decisão. 

“Pagaremos 50% do salário dos funcionários. Falei para eles que esta será uma pausa, para que possamos retornar com tudo ao fim desta interrupção”, comenta. Mônica esclarece que para quem necessitar remarcar datas ou cancelar reservas, o hotel contará com políticas flexibilizadas

Em Jurerê internacional, IL Campanario Villaggio Resort e Jurerê Beach Village suspenderam a entrada de hóspedes por uma semana, com possibilidade de prorrogação. As reservas também foram colocadas em stand-by até o dia 30 de abril, com fechamento de todos os canais de venda. Vale ressaltar que decreto estadual havia determinado essa ação, na semana passada.

Aos que já haviam confirmado reservas, os estabelecimentos oferecem uma carta de crédito com validade deum ano após o encerramento da pandemia. Ou então é possível receber reembolso integral. "O momento para nosso setor é extremamente delicado e vai ser muito importante que as decisões governamentais contribuam para sua subsistência", diz José Mateus, diretor de Negócios de Jurerê Internacional, onde ficam os dois empreendimentos.

Por fim, no Nordeste, a Pousada Estrela D’água também anuncia paralisação das atividades. Localizada em Trancoso (BA), a propriedade fecha suas portas durante os meses de maio e abril. Para reagendar a data da hospedagem, o hotel coloca telefones e email de contatos à disposição dos clientes.

(*) Crédito da capa: Divulgação/Le Canton

(**) Crédito da foto: Divulgação/WZ Jardins

Comentários