Lucro líquido menor marca resultados da Hyatt Hotels em 2019

Hyatt Hotels - resultados financeiros2019_Mark HoplamazianHoplamazian: marcas da Two Road despertam interesse dos investidores

No primeiro ano após a aquisição da Two Roads Hospitality, a Hyatt Hotels registrou queda em indicadores financeiros relevantes. O lucro líquido da rede americana, por exemplo, recuou 0,4% frente a 2018, somando US$ 766 milhões. Já o Ebtida Ajustado (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) somou US$ 754 milhões, caindo 2,9% na mesma base de comparação.

Principal mercado da empresa, os hotéis geridos nos Estados Unidos tiveram redução de 0,6% no RevPar. Em escala global, contudo, o indicador avançou 0,7%, ainda assim sentindo impacto negativo da crise política em Hong Kong. Já o inventário global cresceu 7,4%, enquanto a Hyatt Hotels detinha 500 unidades (101 mil quartos) no pipeline até 31 de dezembro de 2019. Em 31 de dezembro do ano anterior, esse número era de 445 (89 mil apartamentos).

"Concluímos com sucesso a integração das marcas da Two Roads. Notamos um interesse significativo de investidores por elas e esperamos que essa apetite gere mais crescimento no futuro”, afirma Mark Hoplamazian, presidente e CEO da Hyatt Hotels. “Acreditamos que nosso pipeline atual fornece suporte para um crescimento sustentável ao longo do tempo e, apenas em 2019, o número de projetos em desenvolvimento subiu 13%”, completa.

Hyatt Hotels: projeções 2020

Junto com o balanço financeiro de 2019, a rede americana também divulgou estimativas para este ano. A expectativa é que o lucro líquido oscile de US$ 113 milhões a US$ 144 milhões, enquanto o Ebtida Ajustado variará de US$ 760 milhões a US$ 780 milhões. A Hyatt Hotels prevê ainda crescimento do RevPar global de 0,5% a 1,5%.

Em termos de expansão, a companhia espera aumentar a base líquida de apartamentos de 6,5% a 7%, refletindo as mais de 80 inaugurações previstas em 2020. A Hyatt Hotels destaca, contudo, que todas essas projeções não incluem o impacto do atual surto de coronavírus. Com um caso já confirmado no Brasil, a epidemia vem gerando perdas à hotelaria, levando também ao fechamento de hotéis na China.

(*) Crédito da capa: 6689062/Pixabay

(**) Crédito da foto: Divulgação/Hyatt Hotels

Comentários