Sofitel Rio de Janeiro Ipanema: DNA de glamour, alta gastronomia e atendimento especial

Gastronomia é um dos pontos altos do Sofitel Ipanema

Bonjour... bonsoir! Esta é a maneira que o staff do Sofitel Ipanema recebe hóspedes e clientes. Um ato simples, mas que já faz a pessoa ter o pensamento de que está em um local diferente. Ao mesmo tempo, cria uma identificação e fidelização automática. Após as primeiras movimentações, sejam elas pessoais ou por telefone, já estamos também falando bom dia ou boa noite em francês. Já fazemos parte da vibe, criou-se a conexão. Isso é muito bom!

A chegada ao Sofitel Ipanema começa no porte-cochère. Dois colaboradores se aproximam do carro. Um deles abre a porta e o outro já retira a bagagem do porta-malas. Alguns degraus nos fazem estar no patamar do lobby, vamos caminhando. Passamos pelo primeiro ambiente, o aroma do grande arranjo de flores à esquerda se mistura ao "cheirinho" gostoso característico Sofitel. Logo estamos na recepção e dois simpáticos atendentes dizem sorrindo: bonjour, bem-vindo ao Sofitel Ipanema!. A primeira impressão, aquela que perdura a hospedagem inteira, foi carimbada no passaporte.

Enquanto faz o check-in, o recepcionista conversa conosco naturalmente. A descontração inibe a percepção que temos do tempo passar. Logo estamos no elevador com o mensageiro veterano rumo ao vigésimo pavimento. A suíte é encantadora, uma das melhores que já nos hospedamos e, veja caro leitor, não foram poucos hotéis nesses 15 anos de Hotelier News. Mas, vamos deixar a parte da hospedagem para depois.

“Nosso desejo é abrir as portas e criar no Sofitel Ipanema uma extensão do lar dos nossos vizinhos. Um espaço onde nossos convidados possam compartilhar momentos sentindo-se em casa. Este conceito de Casa Carioca é refletido tanto em nossas hospedagens, como em nossa estrutura de eventos sociais e corporativos: desfrutar do charme carioca e do Ipanema lifestyle sempre realçando nosso DNA Francês com a gastronomia e paixão por servir", afirma Netto Moreira, gerente geral do Sofitel Rio de Janeiro Ipanema.

Sofitel Rio - Netto Moreira GMMoreira: hotel com conceito de Casa Carioca

O edifício que abriga Sofitel Ipanema tem uma história notória no Rio de Janeiro. Inaugurado em 1978 como Caesar Park Ipanema, do grupo japonês Aoki, o empreendimento foi o primeiro cinco estrelas inaugurado na famosa praia imortalizada pela canção de Tom & Vinícius, Garota de Ipanema. Foi por muitos anos, o melhor hotel da cidade, segundo a antiga publicação Guia Quatro Rodas. Em 1998, o Grupo Aoki vendeu suas propriedades para a rede mexicana Posadas. Em 2012, a AccorHotels adquire todos os hotéis da Posadas na América do Sul, que prefere manter seu foco apenas no México. Dois anos depois (2014), a nomenclatura passa a ser Caesar Park Ipanema Managed by Sofitel e em maio de 2017, o hotel vira Sofitel Ipanema, asumindo de vez todo o glamour que a marca francesa traz.

Sofitel Rio de Janeiro Ipanema: localização diferenciada 

Erguido na famosa avenida Vieira Souto, o Sofitel Rio de Janeiro Ipanema tem localização privilegiada. Está a duas quadras do Posto 10 e da Visconde de Pirajá, onde há grande concentração de lojas e boutiques. Fica também a cerca de 2 km do Arpoador, principal ponto turístico para ver o por do sol e onde tem a estátua de Tom Jobim. Aliás, para quem gosta de caminhar ou correr, o Sofitel carioca fica bem próximo a Lagoa Rodrigo de Freitas, um dos locais ideais para a prática desses exercícios.

Com 223 quartos e suítes, o Sofitel Ipanema tem 23 pavimentos. No térreo, além do lobby, recepção e concierge, fica o Bar Cajá, que oferece doces feitos pela premiada pâtisserie Letícia Cruz. No primeiro andar encontramos o Restaurante Galani, onde é servido o completíssimo cafe da manhã. No pavimento de cima, ficam as salas de eventos e os escritórios corporativos. Do terceiro ao vigésimo segundo, estão distribuídos os quartos e suítes. Finalmente, no 23º está o 23 Ocean Lounge, o pequeno spa e o acesso à academia de ginástica, que fica no topo do edifício.

Formato inusitado para eventos corporativos

Para eventos, o Sofitel em Ipanema conta com cinco espaços, incluindo uma Board Meeting Room com capacidade para 14 pessoas. Os demais salões tem entre 57 e 113 metros quadrados. 

Buscando oferecer um estilo diferente para sediar reuniões corporativas, o Sofitel propõe diversos formatos pouco utilizados por enquanto. Isso é um ponto positivo pois um deles (que pode ser vistos na galeria) realmente cria uma ambientação bem diferenciada com mobiliário e coffee breaks temáticos, deixando o espaço com características jamais vistas por este que escreve.

Outro espaço é o próprio restaurante Galani, que abre apenas para o café da manhã, mas que pode ser utilizado para eventos sociais ou corporativos, que costumam acontecer à noite.

O Sofitel Rio de Janeiro Ipanema reflete sobre as águas do Oceano Atlântico uma hospedagem cheia de glamour e com um atendimento especial. Os quartos e, principalmente, a suíte na qual ficamos, proporcionam conforto e uma sensação de "tô em casa". A gastronomia, sob comando do chef executivo Jérôme Dardillac, conquista nossos paladares com maestria. E a vista... a bela vista do rooftop, de onde podemos ver desde o Arpoador até o Morro Dois Irmãos, onde acontece o por do sol. Um hotel verdadeiro proporciona isso. Momentos memoráveis que entram no coração. Bon voyage!

Sofitel Rio de Janeiro Ipanema: experiência em gastronomia

Um café no lobby que tem doces feitos pela premiada pâtisserie Letícia Cruz, além dos croissants, brioches e daneses de dar água na boca. Para acompanhar uma seleção de chás especiais. Tudo isso, podendo ver o vai e vem das pessoas na calçada, com o verde do mar sendo pano de fundo, sob um céu azul. E, olha, mesmo que o dia estiver chuvoso, o docinho e o chá ficam até melhores. Tudo tem o seu lado bom. 

O Galani abre apenas para servir o café da manhã. A primeira refeição do dia é uma verdadeira festa para os olhos e para aqueles que tem apetite. Distribuídos por um salão, que antecede o Galani, a quantidade de itens realmente impressiona. Quer uma dica? Não deixe de provar os croissants e demais itens, que são produzidos no próprio hotel. Frutas, sucos, iogurtes, queijos e embutidos de excelente procedência, panquecas, geleias. Tudo apresentado com muito capricho.

Para degustar almoço ou jantar, o espaço é o 23 Ocean Lounge. O rooftop tem vista espetacular do oceano, da praia, dos morros e, se esticar o pescoço, da Lagoa Rodrigo de Freitas. É ali que você pode bebericar um drinque vendo o por do sol. No cair da noite, luzes azuis dão o tom e o lugar fica bem romântico. 

Conduzido pelo chef Jérôme Dardillac, que também acumula a função de gerente de Alimentos & Bebidas, a gastronomia do Sofitel Ipanema é redonda. Tivemos a oportunidade de provar alguns pratos e ficamos mais fãs de Jérôme, quem conhecemos em outro Sofitel, o Cardales na Argentina. 

Ah, se tiver um tempo, não deixe de conhecer o maitre Pereira, que está no hotel há 30 anos. Sempre presente, ele nos cativa com sua conversa e simpatia, contando histórias e também sabendo ouvir, além de atender os hóspedes.

Sofitel Rio de Janeiro Ipanema: experiência em hospedagem

Suítes são tudo bom. Espaço e decoração diferenciada são primordiais na nossa vida e esta categoria de habitações são conhecidas em oferecer muito conforto. Nos hospedamos em uma Suíte Opera, com 100 metros quadrados. Na entrada, uma área dedicada ao trabalho com um espaço que tem bar. Depois a ampla sala de estar, integrada com a de jantar com mesa para até oito pessoas.

O quarto é separado é conta com walking closet, lavabo e uma grande sala de banhos, com banheira de imersão, box com chuveiro, duas cubas e amenities da marca L'Occitane. Ao todo são duas TV's, uma de 65" na área de convivência e outra de 42" na área para dormir. Ah, a vista é lateral e das janelas podemos ver o Arpoador.

Ao todo, o Sofitel Rio de Janeiro Ipanema conta com 223 habitações, sendo 193 quartos e 29 suítes, com uma metragem variando entre 33 e 450 metros quadrados. Os apartamentos localizados na frente tem vista para o mar. A impressão que se tem é que o oceano está dentro do quarto.

No total, são sete categorias, a de entrada é a Classic, com cama queen e vista para o Morro Dois Irmãos. Depois são os Superiores, que podem ter uma cama queen ou duas de solteiro. Há também os Luxo, que contam com a mesma disposição de camas - casal ou solteiro, podendo ter vista lateral ou frente mar. Já as suítes tem quatro categorias: Junior; Prestige, Opera e Imperial.

Confira na galeria abaixo as fotos da Suíte Opera e de um quarto Luxo.

(*) Para fazer este In Loco Especial, a reportagem do Hotelier News hospedou-se no Sofitel Rio de Janeiro Ipanema a convite do próprio hotel.

(**) Crédito das foto na capa: Suite Prestige/divulgação/Sofitel Ipanema

(***) Demais fotos de autoria de Peter Kutuchian, exceto aquela assinaladas individualmente.

Comentários