';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

OMT desenvolve app de identificação digital de turistas

Por Redação 30 de junho de 2020

OMT- appFerramenta permitirá agilizar procedimentos e aumentar a segurança na identificação

Após divulgar diretrizes globais para a retomada do turismo, a OMT (Organização Mundial do Turismo), em parceria com a consultoria Wanderlust World, desenvolveu um aplicativo de identificação digital de turistas. A ferramenta foi criada para aumentar a segurança e agilizar procedimentos para o momento de retorno das viagens. 

Os viajantes poderão apresentar cópias digitais dos principais documentos necessários para ingressar em destinos de todo planeta. Nomeada WTID (World Tourist Identification), a plataforma ainda contribui para a redução de fraudes e soma às ações de recuperação do setor no pós-pandemia. 

“O reinício do turismo deve ser gerenciado com cautela e responsabilidade, priorizando a saúde pública e fazendo pleno uso da inovação. O aplicativo promete facilitar viagens nas fronteiras internacionais e promover confiança no turismo”, sustenta Zurab Pololikashvili, secretário-geral da entidade.

OMT: ações no Brasil

Ações do tipo já são encampadas pelo MTur (Ministério do Turismo) no Brasil. O órgão disponibiliza, por exemplo, o selo Turismo Responsável – Limpo e Seguro a empreendimentos que cumprem requisitos de higiene e limpeza. A certificação, elaborada em parceria com o trade e validada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), integra o Plano de Retomada do Turismo Brasileiro, coordenado pelo Ministério e que visa preparar o setor para um retorno gradual.

Desde o início da pandemia, o MTur desenvolve iniciativas para mitigar impactos da Covid-19 e permitir a retomada do turismo. Uma delas é a campanha Não cancele, remarque!, que busca proporcionar a manutenção de serviços contratados e preservar empregos. A pasta também prepara uma campanha de estímulo a viagens domésticas, além de planejar a estruturação do turismo rodoviário, a partir da integração com outros modais de transporte.

(*) Crédito da foto: Divilgação/Infraero