MTur lança campanha para evitar cancelamentos no setor

mturIniciativa busca orientar turistas sobre remarcação de viagens

Na última terça-feira (7), o MTur lançou a campanha Não cancele, remarque! visando diminuir os impactos da pandemia no setor. Solicitada pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, as peças serão distribuídas por diversos veículos de comunicação, inclusive nas redes sociais.

Previamente, a campanha aconteceu em Belo Horizonte, incentivada pela ABIH-MG (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Minas Gerais). Segundo dados divulgados pela consultoria Mapie com o Portal Panrotas, quase metade (45%) dos consumidores ainda não decidiu o que fará com pacotes de viagens já adquiridos e seguem ainda no aguardo dos desdobramentos após o período de reclusão.

O ministro do Turismo, defendeu a campanha, afirmando que: “Estamos trabalhando em várias frentes para amenizar os impactos ao setor. Uma campanha como essa ajuda a divulgar a ideia de que, se as viagens não forem canceladas, mas apenas adiadas para um outro momento, o setor mantém sua força para uma posterior recuperação”.

MTur: medidas de redução de danos

Além da campanha, o ministro, junto aos demais dirigentes do MTur, vem buscando alternativas para conter os impactos no setor, que é o mais atingido pela crise. Um exemplo é a  Medida Provisória 936/2020, que possibilita a empresas flexibilizar salários e a jornada de trabalho, mediante o pagamento de seguro-desemprego e FGTS, a fim de evitar demissões. Com isso, espera-se que cerca de um milhão de empregos sejam poupados.

Outras ações incluem a adoção de regras que facilitam o acesso a empréstimos do Fungetur (Fundo Geral de Turismo) por micro, pequenos, médios e grandes empreendimentos da área. E também a liberação acelerada de R$ 381 milhões para novos financiamentos.

(*) Crédito da foto: bconzi/Pixabay

Comentários