';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Três perguntas para: Manuelina Hardman

Por Nayara Matteis 25 de junho de 2020

Manuelina Hardman- tres perguntasJPA Live Travel Experience foi adiado para 2021

Grande incentivadora do turismo paraibano, presidente da ABIH-PB (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Paraíba) e proprietária do Hardman Praia Hotel, Manuelina Hardman luta com unhas e dentes para promover o seu estado natal e incluí-lo nos principais eventos do mercado turístico e alavancar o setor no destino.

Paraibana de alma e coração, apaixonada pelo mar e empresária, Manuelina é formada em Administração pela UNIPE. Em 1998, fundou ao lado da família o Hardman Hotel, que se tornou referência hoteleira na capital, João Pessoa.

Foi presidente da ABIH-B por dois mandatos e, nas últimas eleições, foi reconduzida ao cargo. “Estou sempre à disposição para colaborar no desenvolvimento e incremento do setor hoteleiro e participo ativamente da ABIH -PB desde a abertura do Hardman. Criamos e estamos na coordenação da Câmara Empresarial de Turismo da Paraíba formada pelas entidades do trade e do poder público estadual e municipal com o objetivo de unir empresários de diversos setores ligados ao turismo para a defesa dos interesses do segmento no estado”, declara. 

Três perguntas para: Manuelina Hardman

 

Hotelier News: Qual o cenário atual do Hardman Praia Hotel? Chegou a ser fechado? Caso sim, qual a previsão de reabertura? Com a paralisação da malha aérea, quais mercados o empreendimento irá focar na retomada?

Manuelina Hardman: No momento, João Pessoa, cidade onde o Hardman Praia Hotel está localizado, está como parte do Brasil com as praias, pontos turísticos, shopping e demais atividades fechadas. A malha aérea foi cortada drasticamente dificultando a decisão da retomada. As atividades do Hardman suspensas inicialmente no período de 1º de maio a 30 de junho pela segurança de nossos colaboradores e da nossa sociedade.Devido às incertezas do momento decidimos então prolongar a suspensão das nossas atividades até 31 de agosto e usar esse tempo para aprimorar o nosso empreendimento. Estamos fazendo uma revitalização total de nossa fachada e estrutura, uma nova praça de alimentação, banheiros e vestiário para nossos colaboradores, e um centro de wellness para nossos hóspedes. 

Voltaremos nossas atividades no dia 1º de setembro com um empreendimento novo e com muito mais segurança em nossos processos de limpeza e higiene. Desenvolvemos um protocolo de controle e higienização com contínuo acompanhamento e aprimoramento dos processos para nossos colaboradores e hóspedes.A confiança de nossa equipe e clientes é nossa missão. O nosso foco para a retomada das atividades é o mercado interno regional dos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Alagoas e das cidades da Paraíba, devido o corte de 85% de nossa malha aérea.

HN: A ABIH-PB vinha desenvolvendo um novo evento para o mercado paraibano. A ação ainda irá acontecer? Como estão as previsões?

MH: A ABIH-PB estava desenvolvendo a feira JPA Live Travel Experience com o objetivo de manter João Pessoa no calendário dos principais eventos de turismo do país promovendo todo o mercado de forma inovadora e eficiente, capacitando e motivando o trade turístico e apresentando os principais pontos turísticos da Paraíba através de um FAMTUR com experiências exclusivas  e envolventes. Em março, estávamos em São Paulo participando de algumas reuniões e organizando o lançamento do evento para a imprensa e as operadoras quando fomos surpreendidos pela pandemia, o que inviabilizou a realização do evento este ano.

HN: O mercado nordestino tem muito potencial para se recuperar por ser um dos destinos mais procurados por brasileiros. Qual a sua expectativa para o turismo em 2020?

MH: Este ano estávamos com excelentes expectativas, mas com a pandemia tudo mudou muito rápido. Estamos no fim do primeiro semestre e sabemos que as dificuldades serão enormes. Acreditamos que 2021 será um ano de estabilidade econômica e  a partir de 2022 sentiremos a recuperação do  nosso setor. Nossa expectativa é no turismo doméstico de lazer e de negócios das regiões próximas com deslocamento terrestre. As pessoas querem viajar, voltar a ter o convívio com parentes e amigos, mas devido a instabilidade financeira esses encontros não serão tão frequentes. As reuniões virtuais serão cada dia mais frequente e as empresas viajarão menos. Quanto a eventos, acreditamos que após a vacina voltarão a acontecer. Nossa retomada será lenta e gradativa, mas com fé, esperança e muito trabalho atravessaremos esse momento jamais imaginado.

(*) Crédito da foto: Divulgação/ABIH-PB