';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Mesmo com a pandemia, pipeline dos EUA se mantém robusto, diz Lodging Econometrics

Por Redação 27 de julho de 2020

Lodging Econometrics - pipeline EUAOs projetos em construção estão em 1.771 (235.467 quartos)

Apesar dos efeitos devastadores da pandemia no mercado hoteleiro, o pipeline total de construção dos Estados Unidos ainda se mantém robusto. Segundo analistas da Lodging Econometrics, ao final do segundo trimestre deste ano, o número de projetos chegava a 5.582 (687.801 quartos) – o que representa queda de apenas 1% em relação ao ano passado.

Mesmo com alguns cancelamentos, adiamentos e atrasos de projetos, houve um impacto mínimo no indicador.  Ao contrário do que está sendo experimentado nas operações, o pipeline se manteve estável diante do cenário de crise devido à queda nas taxas de juros.

Os projetos atualmente em construção estão em 1.771 (235.467 quartos), um aumento de 3% e 1%, respectivamente. Os empreendimentos programados para iniciar a construção nos próximos 12 meses totalizam 2.389 (276.247 quartos). Os que estão em fase inicial de planejamento são de 1.422 (176.087 quartos). Como esperado, desenvolvedores com propriedades em construção ainda estão enfrentando alguns atrasos na abertura. No entanto, alguns continuam avançando, embora com prazos estendidos.

Lodging Econometrics: primeiro semestre

No primeiro semestre de 2020, os EUA abriram 313 novos hotéis com 36.992 quartos. Além disso, havia 481 novos projetos com 56.823 UHs anunciados em pipeline Desses totais, 169 empreendimentos com 20.359 quartos ocorreram no segundo trimestre. Com a equipe de desenvolvimento de franquias trabalhando em casa, as viagens não essenciais foram interrompidas e com a pandemia em curso, a capacidade de obter um novo contrato de foi reduzida. Isso resultou em uma queda de 53% nos anúncios de novos projetos em comparação ao segundo trimestre de 2019, quando foram registrados 359 (44.895 quartos).

Com a chegada do verão, o país começou a ver um aumento nas viagens domésticas de lazer. Como resultado, mais hotéis estão reabrindo e outros começaram a adotar planos de renovação e/ou estão reposicionando suas propriedades com uma conversão de marca. No primeiro semestre de 2020, a LE registrou 1.465 projetos de renovação (314.043 quartos) e 1.196 de conversão ativa (136.110 quartos) na oferta norte-americana.

(*) Crédito da foto: tjump/Unsplash