';

"Bem-vindos ao nosso novo portal! "

Peter Kutuchian
Founder & CEO
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Minor Hotels se prepara para retomada cautelosa e segmentada em agosto

Por Nayara Matteis 27 de julho de 2020

Minor Hotels - retomada - internaEmpreendimentos urbanos retomarão as atividades no próximo mês

Os meses de junho e julho foram marcados pelo aumento expressivo de reaberturas por todo o país. Apesar das expectativas de uma recuperação lenta e gradativa do mercado, a Minor Hotels colocou o pé no freio para preparar uma retomada cautelosa e segmentada. Com previsão de retorno das atividades de hotéis urbanos para agosto, a rede vem analisando dados e estudando tarifas para escolher o melhor momento.

Com 13 hotéis fechados desde março, a Minor optou pela suspensão das operações devido aos custos. “Ninguém tem uma solução econômica pronta. Estamos em um momento de território virgem, é tudo muito novo. Passamos de um trabalho detalhado de redução de custos e controle para ações mais macro, ajustando quais mercados estão avançando e reagindo. Temos muitas variáveis acontecendo que estão além do nosso poder, por isso precisamos ser ágeis e flexíveis”, comenta Marco Amaral, vice-presidente de Operações e Desenvolvimento da Europa e América do Sul.

O executivo já havia citado a importância de saber a hora de reabrir como um dos pontos principais da estratégia de retomada das atividades. Com previsão de retorno em agosto para as unidades em São Paulo e Curitiba, Amaral afirma que reduções de tarifas não são prioridade. “Fechar os hotéis foi uma saída para minimizar os prejuízos, pois estávamos com o faturamento zerado. As tarifas não serão elevadas como o mercado permite em alta demanda, mas não pretendemos vender diárias baratas”, destaca. “Nossa prioridade é oferecer condições claras de cancelamentos e reembolsos, flexibilizando condições”.

Agregar valor às tarifas é um dos pontos estratégicos da Minor, oferecendo serviços exclusivos integrados às diárias como tratamentos em spas ou vantagens no setor de A&B (Alimentos&Bebidas) buscando elevar a experiência. “Esses mimos para os hóspedes são mais interessantes e dão valor acrescentado”. Nos hotéis urbanos, a redução do preço das estadias deve cair entre 15% e 20% e resorts entre 10% e 15% no período de baixa temporada.

Com perspectivas de retomada para setembro, o Tivoli Ecoresort Praia do Forte (BA) é a aposta da rede para o Natal e Réveillon. O empreendimento já vem apresentando sinais de demanda para o final do ano e Amaral garante que as tarifas para o período seguem alinhadas aos preços pré-pandemia.

Minor Hotels - retomada - marco amaralAmaral: acredito que os clientes entenderão as mudanças feitas nos hotéis

Minor Hotels: vendas e protocolos

Durantes os meses de paralisação, a Minor optou pelas redes sociais como os principais canais de comunicação com os clientes. “Muitos hóspedes entraram em contato com a gente para saber quando retomaremos as atividades. Houve uma boa movimentação e intercâmbio com nossos seguidores, o que ajudou bastante. Até agora não havia muitas informações a serem passadas, mas retomamos a divulgação de pacote, condições e protocolos de segurança”.

Sobre a distribuição e o desejo pelo aumento de vendas diretas, Amaral volta a ressaltar as estratégias de valor acrescentado para hóspedes que reservarem nos canais próprios da Minor. “A OTA não pode oferecer essas experiências. Não tenho nada contra esses canais, eles contribuem muito para os negócios, mas é o momento de segurarmos custos”.

A rede solicitou a certificação do selo Turismo Responsável, desenvolvido pelo MTur (Ministério do Turismo) como forma de dar maior segurança aos hóspedes. Além disso, protocolos próprios vêm sendo implementados em parceria com empresas especialistas em sanitização. “O processo global é aplicar o que as legislações obrigam e ir além do mínimo necessário. Estamos formulando as medidas que são prioridade no momento e acredito que os clientes entenderão as mudanças”.

(*) Crédito das fotos: Divulgação/Minor Hotels