All inclusive impulsiona ocupação e faturamento do Iloa Resort (AL)

iloa resort- all inclusiveCavalcante: precisávamos do all inclusive para entrar no jogo do mercado

Operando com sistema all inclusive desde o dia 20 de junho, o Iloa Resort (AL) já colhe bons frutos da mudança. O empreendimento que oferecia meia pensão e pensão completa atingiu 70% de ocupação entre os dias 20 e 30 de junho - número duas vezes maior comparado ao mesmo mês do ano passado - considerado uns dos períodos de baixa do resort. Com o aumento das tarifas, que também dobraram, o faturamento do resort para 2019 deve ser proporcional.

De acordo com Felipe Cavalcante, diretor e proprietário do Iloa, a implantação do sistema foi uma demanda do mercado. “Hoje quase 70% da população brasileira que consome o turismo de lazer procura o all inclusive. É um sistema que funciona bem no Nordeste e entendemos que era o que precisávamos para nos tornarmos jogadores do primeiro time no mercado de resorts brasileiros”, explica.

E os bons resultados continuam. Apesar de agosto estar no início, os números já se mostram superiores ao mesmo mês do ano passado. “Dobramos a nossa tarifa em função do all inclusive, o que ajuda na rentabilidade do negócio. Estamos animados, já no começo de agosto  temos o dobro de ocupação comparado a 2018”, comemora.

Iloa Resort: números

No ano passado, o Iloa teve crescimento de 15,3% na receita em comparação a 2017. O empreendimento também entregou melhorias, como beach club e 24 apartamentos novos. As acomodações tiveram investimento de R$ 2,4 milhões. A expectativa para o final de 2019 é que o saldo seja ainda mais positivo com a chegada do all inclusive. “No primeiro semestre tivemos um aumento de 27% no número de diárias comercializadas, isso sem o all inclusive. Estamos ganhando cada vez mais visibilidade no mercado nacional e vamos fechar este ano ainda melhor”, diz Cavalcante.

(*) Crédito da foto: Nayara Matteis/Hotelier News

Comentários