Azul anuncia 200 novas operações partindo de São Paulo

São Paulo- novos voosLummertz, Soares, Dória, Laura e Octaviano participaram da coletiva

Em coletiva de imprensa realizada hoje (18), no Palácio dos Bandeirantes, o governo de São Paulo anunciou 200 novas operações da Azul Linhas Aéreas. Os novos mercados são reflexo do acordo da redução do ICMS sobre o querosene para aviação. Num total, o estado deve atingir 490 novas partidas com início em 1 de junho, visando estimular o turismo na região. .

João Dória, governador de São Paulo; Vinicius Lummertz; secretário estadual de Turismo; Rossieli Soares, secretário da Educação; Henrique Mirelles, secretário da Fazenda e Planejamento; João Octaviano, secretário de Logística e Transportes e Laura Laganá, superintendente do Instituto Paula Souza estavam presentes no encontro. Dória abriu a coletiva destacando a importância de gerar conectividade entre destinos tanto estaduais quanto nacionais. “Os novos voos gerarão benefícios para São Paulo, mas também para outros estados brasileiros. Nosso estado é o maior emissor de turismo do país e da América Latina”, salienta.

Anteriormente, a Gol e Latam anunciaram novas operações, respeitando o acordo feito entre as companhias e o governo do estado. Esses voos contemplam seis destinos paulistas ainda não atendidos atualmente e outros 38 que já estão nas rotas das companhias abrangendo 21 estados brasileiros, levando em conta as frequências de todas as empresas aéreas. 

A Azul incrementa seu portfólio com voos regulares para Araraquara e Guarujá e, com isso, se tornará a companhia com maior número de decolagens no estado paulista. “O polo do Guarujá é muito grande, muitas pessoas sobem a serra apenas para voar. A região precisa ser conhecida, as praias são lindas, além de muitos cruzeiros saírem dos portos. É uma oportunidade de conectar o Brasil”, afirma John Rodgerson, presidente da Azul, também presente na coletiva.

Lummertz enfatizou a importância de sustentar as novas frequências e manter todo o estado operando. “Precisamos, em parceria com as companhias, dar a sustentabilidade necessária para esse nível de conectividade”, afirma. “Na linha de raciocínio, é bom para São Paulo, que vinha parando de crescer, mas para o interior é fundamental. Existem cidades desconectadas com problemas de expansão”, ressalta. 

São Paulo: novas operações

Araraquara voltará ao cenária da aviação nacional, recendo um voo diário da Azul para Campinas, a partir de 1 de setembro. Já na Baixada Santista, a companhia considera operar no litoral paulista com destino ao aeroporto Santos Dummond, no Rio; Belo Horizonte, em Minas Gerais e Curitiba, no Paraná em outubro. Considerando o anúncio, a empresa ampliará a liderança, chegando a 12 destinos: Campinas, Congonhas, Guarulhos, São José dos Campos, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Araçatuba, Marília, Bauru, Araraquara e Santos/Guarujá.

Os aeroportos do interior passarão por adaptações para receber os destinos escolhidos pelas linhas aéreas, com base na possibilidade de comercialização dos mesmos. Segundo o governador, até dezembro os processos de concessões estarão finalizados e no segundo semestre os terminais estão disponíveis para privatizações.

No próximo dia 23, terça-feira, a Passaredo anunciará suas novas operações no estado. 

(*) Crédito das fotos: Nayara Matteis/Hotelier News

Comentários