JetSmart apresenta plano de operações no mercado interno brasileiro

JetSmart - operaçõesAérea já liga Chile, Argentina e Brasil

O mercado doméstico brasileiro está prestes a ganhar um upgrade em sua malha aérea. Já operando voos entre Chile, Argentina e Brasil, a JetSmart apresentou à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) um plano de atuação interna no setor de aviação comercial. O anúncio chega em boa hora, quando muito se fala em retomada do turismo após a pandemia de Covid-19.

A low cost fundada pela Indigo Partners confirmou à Reuters a intenção de operar voos domésticos por aqui. Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, destaca que a chegada da companhia estimula o aumento da conectividade no país. “O estímulo à competitividade é uma das medidas para estimular a queda no preço das passagens. Entendemos que a retomada do setor será por meio de viagens nacionais e a chegada da JetSmart amplia a malha aérea e traz mais ofertas de baixo custo”.

“Embora a pandemia tenha reduzido substancialmente a demanda, ainda estamos analisando novas operações na região, apesar de seguirmos o formato e a velocidade da recuperação do mercado no Brasil e em outros países”, comenta Estuardo Ortiz, CEO da aérea.

JetSmart: low costs

Nos últimos anos, o interesse de operar no Brasil entre low costs teve um aumento expressivo. Além da JetSmat, outras companhias como a argentina FlyBondi; a norueguesa Norwegian Air e a chilena Sky Airline já atuam no mercado em linhas internacionais.

(*) Crédito da foto: Divulgação/JetSmart

 

Comentários