Kimpton Hotels chega ao México

kimpton hotels- mexicoCidade do México é o primeiro destino latino-americano a receber a marca

As primeiras unidades da Kimpton Hotels & Restaurants na América Latina já tem destino definido. A Cidade do México deve receber dois empreendimentos da rede em 2020, no bairro de Polanco, conhecido por sediar embaixadas, galerias de arte, bares e restaurantes. Ambos os projetos são retrofits de construções históricas de valor cultural para a capital mexicana. 

Ambos os hotéis terão restaurante e bar na cobertura, bicicletas disponíveis, colchonetes de yoga e wine hour ao final do dia como cortesia ao hóspede. Uma das unidades contará com 32 suítes enquanto a segunda terá a oferta de 48 acomodações. 

Os projetos são negociações capitaneadas pela incorporadora mexicana ZKC junto a construtora VineTower Development, LLC, e os escritórios de arquitetura Ambrosi Etchegaray e Arquitectura de Interiores. A chegada da Kimpton ao México ilustra nossa vontade de expansão na América Latina - mercado que tem tudo a ver com o nosso estilo irreverente de receber e acolher”, conta Mike DeFrino, CEO da rede. 
 
“Buscávamos uma marca hoteleira que tivesse histórico de excelência em operações e um verdadeiro entendimento das demandas do hóspede contemporâneo”, completa Mauricio Khalifa, da ZKC. 

Kimpton Hotels: outras unidades

No início deste ano, a rede anunciou a abertura de mais uma unidade nos EUA. Desta vez, o destino escolhido é o aeroporto internacional de Atlanta, também por meio de conversão de um empreendimento da Solis Hotels & Resorts

Em 2021, o grupo deve abrir um empreendimento em Roterdã, fruto de um contrato de gestão com a incorporadora Omnmam Group, sendo o segundo hotel em terras holandesas. Também na Europa, a Kimpton abriu em 2018 seu primeiro empreendimento em Londres, no bairro de Bloomsbury. 

(*) Crédito da foto: Divulgação/Kimpton Hotels & Restaurants

Comentários