';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Três perguntas para: Orlando Giglio

Por Nayara Matteis 1 de junho de 2020

Orlando Giglio- Três perguntas paraGiglio: vamos trabalhar campanhas agressivas e parcerias com operadoras

Diretor comercial da Iberostar no Brasil, Orlando Giglio aposta em uma retomada sustentável, respeitando o entorno dos empreendimentos e adotando políticas mais verdes nas unidades. Convidado pelo Hotelier News para participar do Três perguntas para, o executivo afirma que espera atingir 50% de ocupação ainda este ano.

Formado em Administração e Ciências Econômicas, estudou RM (Revenue Management) e Finanças no Institute Meridian Management. Em seu currículo, acumula passagens por empresas como Citibank; Banco de Boston; L’Oréal Paris; Hotéis Othon e Meridien.

Carioca da gema, em seu tempo livre Giglio gosta de estar perto na natureza, praticar esportes e ir ao cinema.

Três perguntas para: Orlando Giglio

Hotelier News: Como diretor comercial da Iberostar, quais são as ações que a rede vem trabalhando no Brasil para a retomada? Qual será o papel do departamento no pós-pandemia?

Orlando Giglio: Estamos preparados, pois já vínhamos trabalhando há dois anos um plano de sustentabilidade do entorno, com foco na extinção de plásticos de uso único; cuidados com corais e oceanos e projeto Honest Food de comida saudável. No caso da pandemia, quando começou tínhamos iniciado o programa How We Take Care, que trabalha a excelência de serviços, espaços e experiências sempre com medidas pensando no bem-estar de clientes e colaboradores.O plano contempla A&B (Alimentos&Bebidas); UHs; serviços; áreas comuns; entretenimento; eventos; spa; golf; praia e piscinas.  

HN: Como a rede está trabalhando cancelamentos e remarcações? Qual a sua visão sobre a MP 948?

OG: Em relação às reservas, criamos um rebooking que garante a transferência de hospedagens sem multas ou dificuldades, mantendo sempre as mesmas temporadas. Para os cancelamentos, mantivemos as políticas anteriores, além de remarcamos eventos honrando as tarifas nas mesmas condições que fazemos com individuais.

HN: Sua perspectiva sobre a retomada ainda em 2020 é otimista? Quais são as principais lições aprendidas na crise?

OG: A expectativa é reabrir na segunda quinzena de julho com preços competitivos no mercado, campanhas online, parcerias com operadoras e política de approach com clientes fidelizados. Esperamos alcançar ocupações de 50% ainda em 2020, pois existem muitas lacunas a serem preenchidas como malha aérea, transporte terrestre e autorizações governamentais.

Devemos levar a pandemia como nossa maior lição desde a Segunda Guerra Mundial, descobrindo no dia a dia novas alternativas para o desenvolvimento do setor.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Iberostar