Hilton tem lucro líquido de US$ 290 milhões no terceiro trimestre

Hilton tem lucro líquido de US$ 290 milhões no terceiro trimestreConrad New York Midtown é um dos hotéis abertos ao longo de 2019

A Hilton registrou lucro líquido de US$ 290 milhões no terceiro trimestre deste ano, crescimento de 77% frente a igual período de 2018. Enquanto isso, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) alcançou US$ 605 milhões, alta de 9% na comparação anual. Por fim, o RevPar dos hotéis da rede avançou 0,4% na mesma base de análise. 

Christopher J. Nassetta, CEO da Hilton, comentou que os resultados foram atingidos graças ao ganho de participação de mercado em todo o mundo. Dados do balanço mostram que as receitas com taxas de administração e franquia cresceram 6% frente a igual trimestre de 2018. Já no acumulado dos nove meses do ano, o RevPar sobe 1,2%, impulsionado pela ocupação.

Hilton: lucro por ação cresce 85%

Já o lucro por ação diluída (EPS, na sigla em inglês) da companhia registrou aumento de 85% no terceiro trimestre do ano. Enqunato isso, o EPS ajustado obteve elevação de 13%. Com isso, foi permitido à empresa registrar o aumento de 9% no Ebitda, passando de US$ 557 milhões para US$ 605 milhões. 

Na operação hoteleira, a rede abriu, ao longo do ano, 118 hotéis, totalizando uma oferta adicional de mais 17,4 mil quartos. Isso significa aumento de 7% frente ao portfólio existente de quartos no terceiro trimestre do ano passado.

Para este ano, a Hilton continua em direção à ampliação do portfólio de luxo, com elevação prevista de 17%. Entre os novos empreendimentos está o Conrad New York Midtown, aberto neste mês

(*) Crédito da foto: Divulgação/Conrad Hotels & Resorts

Comentários