Gol lança stopover em aeroportos paulistas

gol- stopoverTempo mínimo de duração da parada é de 12 horas

Dando continuidade às medidas de contrapartida a redução da alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), a Gol anunciou o serviço de stopover para clientes que fizerem conexões nos aeroportos de Congonhas, Guarulhos e Viracopos. Os passageiros que desejarem fazer uma parada intermediária de até duas noites na capital não terão custo adicional.

Com período mínimo de 12 horas, a medida adotada pela aérea visa incentivar o turismo em São Paulo. A ação faz parte do programa São Paulo Para Todos, criado pelo governo do estado. “É uma forma de criar incentivos, não cobrando valor adicional sobre as passagens aéreas de quem quiser ficar na região por mais dias, inclusive para que tenha a chance de conhecer outros destinos no estado”, diz Vinicius Lummertz,  secretário estadual de Turismo.

Quem sair de Salvador, por exemplo, com destino a Porto Alegre e tiver conexão em algum dos aeroportos citados, poderá desembarcar e aproveitar a cidade antes de seguir viagem até o destino final. 

A partir de agora, os passageiros que quiserem fazer uma parada intermediária, sendo São Paulo o ponto de conexão entre os voos, poderão permanecer na cidade, sem custo adicional, pelo período de 12 horas e um pernoite até duas noites. “Temos como propósito ser a primeira para todos e com isso nos orgulhamos de sermos a maior companhia de aviação do mercado brasileiro e aquela que democratizou a viagem aérea no país. Estar ao lado do governo de São Paulo nessa iniciativa inédita também reforça nosso objetivo de proporcionar o melhor serviço e experiência para nossos clientes. ”, afirma Paulo Kakinoff, presidente da Gol.

Outra parte do acordo entre as companhias e o governo é de criar 490 voos partindo de São Paulo. Até agora, 95% do compromisso total foi cumprido. Foram 467 frequências anunciadas sendo que 269 delas já estão operando. As demais 198 estarão operacionalizadas até o fim deste ano. 

Gol: regras para stopover 

O serviço de stopover é válido tanto para voos domésticos quanto internacionais operados pela empresa. No ponto da parada, será permitido escolher apenas um aeroporto, ou seja, se o cliente optou por Congonhas, deverá prosseguir viagem pelo mesmo. O cliente também terá direito a apenas um stopover, na ida ou na volta. 

O tempo mínimo de parada é de 12 horas e o passageiro deve pernoitar na cidade, embarcando no dia seguinte. A duração máxima é de duas noites a partir do momento do desembarque no aeroporto de conexão. 

(*) Crédito da foto: Divulgação/Gol

Comentários